As Brumas de Avalon 
Sites Grátis no Comunidades.net
Raça Atlante
Raça Atlante

FUNÇÃO DA RAÇA ATLANTE

Diz Paulo Machado Albernaz sobre o fim da Atlântida: “O desaparecimento, por explosão, de um planeta que ocupava a 5ª órbita planetária a partir de Mercúrio, onde hoje só vemos uma imensidão de pequenos asteroides, teria trazido consequências trágicas para a Terra, inclusive empurrando-a da 4ª para a 3ª órbita. A Lua teria sido um planeta antes da Terra ter invadido a sua órbita. A condição de planeta atribuída à Lua ainda é conservada nas tradições da Astrologia. Marte seria apenas um grande fragmento do planeta desaparecido, tendo assumido a 4ª órbita que era ocupada pela Terra. A proximidade entre a Terra e a Lua teria provocado a deslocação ou transferência dos elementos gasosos e líquidos do nosso atual satélite para o nosso planeta. O dilúvio e o afogamento da chamada Atlântida terão sido conseqüências desses fenômenos.”

A 4ª Raça-Mãe Atlante é considerada a Raça Equilibrante, por se situar entre as três primeiras e as três últimas Raças-Mães. A Humanidade da época era constituída por deuses e por homens comuns. Floresceu no continente tradicionalmente chamado de Kusha. Ocupava extensa faixa equatorial formando um cinturão em torno da Terra. Foi na Atlântida que se desceu ao máximo da materialidade, dando início à subida para a espiritualidade. Na Atlântida os deuses e os homens conviviam juntos. Os chamados Reis de Edon, que eram Seres de natureza divina, formavam a casta dirigente. Cada um dos Reis de Edon era Governador de um dos setes Cantões Atlantes, sendo que existia uma Oitava Cidade que sintetizava todos os valores espirituais da Raça. Ali vivia a Trindade Suprema que constituía a própria Divindade manifestada na Terra. Na Atlântida estavam presentes todas as Hierarquias. Cada Hierarquia Criadora expressava determinado valor e desenvolvia uma função específica de acordo com os diversos princípios que constituem os seres humanos, conforme o abaixo descriminado:

Assuras - Eram os Governadores - Expressavam a Vontade
Agniswattas - Eram os Instrutores - Expressavam a Mente
Barishads - Eram os Sacerdotes - Expressavam a Emoção

Essas três Hierarquias tinham a missão de desenvolver um novo estado de Consciência na Humanidade de então. As Mônadas careciam de auto-orientação. Era preciso, por exigência do Ciclo, firmar na consciência do Homem, o princípio chamado Ahankara, a consciência do “Eu sou” que caracteriza o princípio do livre-arbítrio e destaca o ser humano de qualquer outra criatura em evolução. A Lei exigia a manifestação do Plano Mental Cósmico, o que só era possível através do desenvolvimento da Mente Humana. Foi necessário ativar inicialmente a Inteligência prática para conseguir-se, com o decorrer do tempo, alcançar os altos níveis da Inteligência abstrata conectada à Intuição.

 

Translate this Page
Enquete
Qual sua idade?
até 20 anos
20 a 40 anos
40 em diante
Ver Resultados




ONLINE
4





Partilhe esta Página