As Brumas de Avalon 
Sites Grátis no Comunidades.net
Hierarquias Arrúpicas e Rúpicas
Hierarquias Arrúpicas e Rúpicas

AS HIERARQUIAS ARRÚPICAS E RÚPICAS NA LEMÚRIA

Quando estudamos as funções das diversas Hierarquias em Cadernos anteriores, vimos que três Hierarquias constituídas por Seres Arrúpicos – ou “sem formas” – conhecidas como Leões de Fogo, Olhos e Ouvidos Alerta e Virgens da Vida, tiveram que manifestar-se, sendo os mesmos, por exigência da Lei, obrigados a tomar formas humanas, a fim de equilibrarem os pratos da Balança do Espírito e da Matéria desajustados entre si conforme aponta o Arcano 16 do Tarot, o qual trata do Comprometimento da Divindade para que a Lei pudesse ser cumprida na Face da Terra. Essas três Hierarquias Superiores tinham os seus reflexos nas Hierarquias Criadoras já em atividade nos Mundos Formais.

Leões de Fogo - Assuras - Mundo Mental

Olhos e Ouvidos Alerta - Agniswattas - Mundo Emocional

Virgens da Vida - Barishads - Mundo Físico

Como o adjectivo indica, essas Hierarquias são designadas de Criadoras por terem de criar formas no Terceiro Trono, para que as Hierarquias Arrúpicas, provindas do Segundo Trono, pudessem manifestar-se ou encarnar-se em veículos adequados nos Planos Inferiores do Quaternário Cósmico (Mental Concreto, Astral, Etérico e Físico).

DIFERENÇA ENTRE HIERARQUIA CRIADORA E HIERARQUIA ARRÚPICA

Na terceira Raça Lemuriana as referidas Hierarquias fizeram-se presentes, a fim de a Evolução processar-se nos quadros da programação da Ideação Cósmica. Como já vimos, cada Hierarquia Criadora é constituída por três classes ou categorias. Na Lemúria, os Agniswattas de segunda e terceira classes eram constituídos pelos descendentes do cruzamento da Raça Divina com a Raça Jiva, e que segundo as Escrituras Sagradas dariam origem aos que se tornaram Arhats. Donde se falar em Arhat de Fogo – Adepto de 4.º Grau Iniciático – por sua conexão aos progenitores Senhores da Chama que são os Agniswattas. Estes expressam os Olhos e Ouvidos Alerta mas a sua natureza ígnea é a mesma dos Leões de Fogo. Esclarecemos melhor: os Agniswattas pertencem a uma das Hierarquias Criadoras que forneceu o veículo para a sua contraparte Arrúpica ter por onde se manifestar, posto Seres provenientes do Segundo Trono ou Mundo Celeste não possuem qualquer tipo de veículo formal, motivo porque só as Hierarquias manifestadas no Terceiro Trono podem fornecer condignamente corpos adequados. Em outras palavras, trata-se do fenômeno da Hierarquia Criadora fornecendo o corpo à Hierarquia Arrúpica correspondente. Embora tal fenômeno se desse em virtude dos percalços evolucionais, isso provocou um Saque contra o Futuro resultando num avanço benéfico para a Humanidade, devido à presença antecipada na Face da Terra de Excelsos Seres de Sistemas futuros.

Assim se expressou H.P.B. falando sobre a Progênie Divina que manifestou-se na terceira Raça para firmar na Face da Terra os valores celestes: “O primeiro foi um Ser maravilhoso, chamado o ‘Iniciador’, seguindo-se um grupo de Seres semi-humanos e semi-divinos. ‘Eleitos’ na gênese arcaica para tarefas especiais, diz-se que neles se encarnaram os mais elevados Dhyanis – Munis e Rishis de Manvantaras anteriores – para formar o Seminário de Adeptos Humanos para o futuro na Terra e durante o presente Ciclo. Os ‘Filhos da Vontade e da Yoga’ nascidos, por assim dizer, de uma forma imaculada, estavam, segundo se explica, inteiramente à parte do resto da Humanidade. Apesar da terrível catástrofe, a ‘Sagrada Terra Imperecível dos Deuses’ não foi afetada e continuou a existir como antes.”

Translate this Page
Enquete
Qual sua idade?
até 20 anos
20 a 40 anos
40 em diante
Ver Resultados




ONLINE
6





Partilhe esta Página