As Brumas de Avalon 
Sites Grátis no Comunidades.net
A Fogueira
A Fogueira

Não há nada que se compare a sentar ao redor de uma fogueira, tarde da noite, em companhia de seus melhores amigos. Como disse em “A Origem da Magia”, o fogo foi nossa primeira magia, e ele sempre nos leva de volta à Fonte. Como você está treinando para se tornar um feiticeiro, deve aprender como fazer uma fogueira, pois essa tarefa tende a ser atribuída ao feiticeiro se houver um por perto.

Cavar o buraco para o fogo: Em primeiro lugar, escolha bem o local. Escolha um lugar aberto, sem galhos de árvore suspensos que possam pegar fogo. Deve haver um círculo com 30cm de diâmetro de espaço livre ao redor do fogo, sem areia ou terra, e livre de qualquer coisa que possa queimar. O tamanho do buraco e da área ao redor do qual vocês se sentarão dependerão de quantas pessoas estarão presentes. No centro da área, cave uma pequena depressão, com pelo menos 60cm de diâmetro para a menor fogueira individual (pode ser maior se necessário). Coloque a terra ao redor da borda e faça uma pequena cratera. Se houver alguma pedra na área, coloque-as em pilha ao redor do buraco, colocando terra nos espaços entre elas. Se não houver pedras, faça a cratera um pouco mais funda, com um buraco de terra maior em volta dela. A forma da cratera do buraco agirá como uma lente para manter as chamas e a fumaça direcionadas para cima, do mesmo modo que o espelho parabólico por trás da lâmpada de uma lanterna foca o raio.

Acender o fogo: Agora, reúna uma quantidade suficiente de madeira morta (jamais corte nem quebre nenhum pedaço de madeira viva para fazer a fogueira). Não pegue nada verde nem podre, pois conseguirá apenas fumaça. Você precisará de pinha resinosa para a acendalha e de pedaços mais grossos e madeira para usar como combustível. Quebre os pedaços de madeira no tamanho apropriado e empilhe a maior parte deles fora do círculo da fogueira, separados por tamanho, para que fique fácil selecioná-los quando você precisar. Se você não conseguir quebrar a madeira com facilidade, com o pé, isso significa que ela está verde para queimar. Se houver possibilidade de chuva, cubra a pilha de gravetos com um encerado.

Se o chão estiver muito úmido, espalhe gravetos, casca de árvore ou pedras. Depois faça uma camada de folhas secas, pinhas, ou (o melhor de todos) casca de vidoeiro de uma árvore morta. Esse é a sua mecha. Se tudo estiver úmido, abra um galho morto, ele estará seco por dentro. Corte uma quantidade de “penas” com a faca, sem no entanto separá-las da madeira.

Cubra a mecha com uma pequena pilha de pequenos gravetos secos, pinhas são excelentes. Essa é a acendalha. Depois de escolher com cuidado os gravetos maiores, de acordo com as qualidades inflamáveis, disponha-os na forma de uma “tenda indígena”, começando com os menores e acrescentando os mais longos e grossos ao redor deles, sempre mantendo uma ponta no centro. Essa ponta direcionará as chamas para cima e maximizará tanto a luz quanto o calor que irradiam para fora do círculo. Não faça a pilha muito alta a princípio, apenas o suficiente para iniciar o fogo.

Translate this Page
Enquete
Qual sua idade?
até 20 anos
20 a 40 anos
40 em diante
Ver Resultados




ONLINE
6





Partilhe esta Página