As Brumas de Avalon 
Sites Grátis no Comunidades.net
6º Mandamento Aghartino
6º Mandamento Aghartino

SEXTO MANDAMENTO AGHARTINO

Louvado, ainda, o Senhor que não permite, aos seres da Terra, o incesto moral e físico, contrariando a verdadeira castidade, o que chega ao ponto de animalizar a esses mesmos seres, prostituindo-lhes a sua marcha para o Divino.

HIERARQUIAS NA LEMÚRIA

Na Lemúria conviviam três classes de Seres: os chamados Senhores de Vénus (Kumaras e sua Corte Assúrica), os Reis Divinos da Hierarquia Agniswatta, e os Agniswattas de classe inferior, descendentes do cruzamento da Raça Divina com os seres humanos que mais tarde se tornariam Arhats. Daí chamar-se a todo o ser que alcança o mais elevado grau iniciático de Arhat de Fogo, neste particular também significando “Leão de Fogo”, sendo a Hierarquia Arrúpica projetada no Mundo das Formas tomando expressão ígnea através dos Agniswattas por sua natureza solar. Depois dos sexos serem separados houve a explosão das paixões carnais que se generalizou, envolvendo até os Seres de Hierarquias Superiores atraídos pelas mulheres da classe inferior, chamadas “Filhas dos Homens”, “Cabeças Estreitas”, “Amanasas”, etc. Os desregramentos sexuais generalizaram-se alastrando por todo o continente lemuriano. A Tradição Oculta diz que houve conflitos entre os Pitris Barishads, que não foram contaminados pela luxúria e permaneceram fiéis à Lei Divina, e os que decaíram na depravação sexual que envolvia praticamente toda a população lemuriana.

INCESTO PRATICADO PELAS HIERARQUIAS SUPERIORES

O Sexto Mandamento Aghartino trata da prática do incesto, possuído de um sentido muito mais profundo do que aparenta. Esse Mandamento relaciona-se às Regras do Pramantha que não permitem a promiscuidade hierárquica, ou seja, a conspurcação de Seres de Hierarquia Superior com seres que ainda não possuem Hierarquia formada. Essas Regras visam evitar novo e tremendo desastre como o havido no Passado longínquo, quando os Deuses cruzaram-se com mulheres Jivas dando origem aos chamados Giborins, criaturas híbridas que herdaram dos seus progenitores determinados valores com os poderes correspondentes, que mal utilizados provocaram a imensa tragédia de que até hoje nos ressentimos.

Sobre o incesto, JHS disse: “O sentido de incesto, conforme se refere no texto do Sexto Mandamento Aghartino, é o do fato da Lei do Pramantha não permitir promiscuidade entre as Hierarquias Criadoras, a fim de não conspurcar o sangue dos Kumaras criadores da Humanidade. A exemplo do que estamos falando, na Lemúria houve o incesto físico, quando Assuras de determinada categoria uniram-se a animais semelhantes a lontras gerando os cinocéfalos, aliás, de estrutura física muito semelhante à dos ‘Lipikas’, a segunda classe dos Assuras. Isso deu-se na altura em que a Humanidade estava passando por determinada transição (as espécies ainda não estavam bem definidas). Na Atlântida também houve incesto, quando os Assuras e Makaras uniram-se às filhas da Hierarquia Jiva (a Humanidade da época). Por isso, as tradições fazem referências à ‘Queda no Sexo’. A ‘queda no sexo’ não significa não manter relações sexuais normais a fim de promover a criação, pois não se trata do ponto de vista da Geração, logo, do Pramantha, e sim do ponto de vista de quebra de Hierarquia.”

Translate this Page
Enquete
Qual sua idade?
até 20 anos
20 a 40 anos
40 em diante
Ver Resultados




ONLINE
6





Partilhe esta Página